Squitter - Meteorologia e Hidrologia

+55 (12) 3923.5522

Você sabe qual a diferença entre a sensação térmica no verão e no inverno?

Você sabe qual a diferença entre a sensação térmica no verão e no inverno?

Muitas vezes, vemos meteorologistas comentando que a temperatura medida foi uma e que a sensação térmica foi outra. Mas, afinal, o que é isso? Como funciona? Qual a diferença?

Por regra, e seguindo as normas da Organização Meteorológica Mundial (OMM), a temperatura do ar deve ser medida na sombra e a 1,5m do solo, dentro de um abrigo meteorológico. Essa medida é feita por termômetros convencionais, cujo elemento sensível pode ser mercúrio ou álcool, ou então por termômetros digitais, onde o elemento sensível é um componente eletrônico.

A meteorologista Francine Sacco, da Squitter, explica que a sensação térmica é a aproximação do que o corpo humano sente quando exposto a determinadas condições de temperatura, umidade e vento. O mais correto é falar sensação térmica quando a temperatura é diminuída pelo vento incidente e, índice de desconforto térmico, quando a temperatura sentida é aumentada pela sua relação com a umidade relativa do ar.

Mas o que faz isso ocorrer? “Explicando de forma simplificada, no verão, quando a temperatura do ar e a umidade são mais elevadas, a pele humana tem mais dificuldade de transpirar e, por isso, dificulta o processo de ajuste da temperatura interna do corpo, resultando em maior desconforto térmico”, comenta Francine.

Já no inverno, a influência continua sendo na pele, mas a relação que se faz é com o vento. Quanto mais intenso for o vento, mais calor ele “rouba” da pele, resfriando as áreas expostas. Com isso, o organismo tem que se aquecer mais para manter a temperatura interna. É por esse motivo, também, que no inverno a pele fica mais ressecada.

Nas regiões de clima temperado, as pessoas sentem mais essas mudanças, visto que ficam mais expostas ao frio das massas de ar de origem polar, que chegam à região com maior intensidade e frequência entre o outono e inverno, e também das massas quentes e úmidas que atuam principalmente nos meses de verão.